Blockchain e drones em destaque na terceira edição do Cuatrecasas Acelera

Da esquerda para a direita: Francesc Muñoz, CIO da Cuatrecasas, Francisco Guillen e Enrique Lizaso, co-fundadores e directores da Blocktrac, Carlos Matilla, CEO da FuVex, e Rafael Fontana, presidente executivo da Cuatrecasas.

A aplicação Blocktac e o projecto FuVex foram os vencedores da 3.ª edição do Cuatrecasas Acelera, uma aceleradora de iniciativas empresariais.

Os vencedores foram conhecidos na passada quarta-feira: a Blocktac é uma aplicação baseada em tecnologia blockchain que permite detectar falsificações de documentos oficiais e produtos de diversa natureza; já a FuVeX é um projecto que tem como objectivo fornecer a instituições e empresas um serviço de drones para monitorização ou transporte de mercadorias, voando grandes distâncias de forma segura, fácil e legal.

De  acordo com o comunicado da sociedade de advogados ibérica, foram a concurso seis start-ups, que propuseram ideias inovadoras no campo tecnológico e jurídico, e que tiveram a oportunidade de apresentar os projectos num pitch e no DemoLab, um espaço que foi criado para a ocasião, perante investidores e business angels. Mais de 100 pessoas ligadas ao empreendedorismo assistiram ao Demo Day nos escritórios da Cuatrecasas em Barcelona.

Os vencedores foram escolhidos por um júri que teve em conta o grau de inovação, originalidade da ideia, dedicação da equipa, viabilidade e escalabilidade do negócio. Entre os membros do júri esteve Ricardo Torgal, partner da portuguesa Indico Capital Partners que gere o recém-constituído fundo da capital de risco sediado em Lisboa, vocacionado para investimentos na área tecnológica.

Durante o Demo Day houve ainda uma mesa redonda sobre “blockchain como ferramenta de inovação”, e na qual se analisaram as principais tendências em relação a esta tecnologia, colocando em foco o aumento da adoção de tecnologia em ambiente de negócios, o uso de Inteligência Artificial (i.a.) de forma a tornar os smartcontracts mais inteligentes, a pressão crescente para adaptar o ambiente regulatório, a integração da Internet das Coisas e do blockchain, e como a ética e a privacidade terão cada vez mais peso nestas matérias.

O Cuatrecasas Acelera é um programa da Cuatrecasas e da Telefónica Open Fu- ture, apoiado pela Step One. Esta edição contou com um outro apoio ligado à tecnologia blockchain, a Alastria, um consórcio multissectorial que procura fornecer uma infraestrutura semipública de blockchain. Através de acordos com o Microbank e Netmentora, os projectos têm, por um lado, acesso facilitado a financiamentos até €50.000 e, por outro lado, acesso gratuito a um programa de acompanhamento e uma rede de mentores internacional.

Um dos aspectos inéditos desta 3.ª edição prendeu-se com “o desenvolvimento de um sistema de i.a. para tornar anónimos dados pessoais, que a área de Conhecimento e Inovação da Cuatrecasas já utiliza e que permite aumentar a eficiência em 70% neste tipo de tarefas”.

Recentemente, a Cuatrecasas foi considerada pelo Financial Times uma das sociedades de advogados europeias líderes em inovação em serviços jurídicos, tendo ganho o prémio FT Innovative Lawyers 2018.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.