PLMJ tem nova identidade visual e novas instalações em Lisboa

A PLMJ mudou-se esta semana para a sua nova sede, na Avenida Fontes Pereira de Melo, apresentando também uma nova identidade visual.  Enquadrada no processo de evolução e crescimento, a sociedade com cinco décadas de experiência, passa a apresentar-se com a assinatura “transformative legal experts”.

“Estas mudanças refletem o reforço da liderança da PLMJ no mercado da Advocacia. O início de uma nova etapa para a maior sociedade de advogados portuguesa, que conjuga em si mesma a experiência profunda com a vontade de inovação que carateriza as novas gerações de advogados”, refere Luís Pais Antunes, managing partner da PLMJ, citado em comunicado.

“O que nos define é a capacidade que temos tido, ao longo das nossas décadas de existência, em nos adaptarmos à mudança e evolução dos tempos. Com o nosso crescimento e afirmação no mercado tornou-se essencial adaptar também o escritório PLMJ ao nosso crescimento enquanto organização, mas também face às novas necessidades dos nossos advogados e clientes no seu dia a dia”, sublinha Luis Pais Antunes, que lidera a firma desde 2015.

Os escritórios da nova sede da sociedade de advogados foram idealizados e concebidos pelo arquiteto Ricardo Bak Gordon. O edifício é da autoria do atelier Barbas Lopes e surge com traços contemporâneos, devolvendo à cidade um novo espaço público. Os novos escritórios contam com uma componente energética eficaz, uma fachada que proporciona ventilação natural, e uma cobertura forrada a painéis fotovoltaicos.

Estamos a falar de um novo escritório polivalente, funcional e eficiente que nos permite continuar a transformar as mentalidades e hábitos de trabalho, continuando a assegurar os melhores resultados e a nossa dinâmica full-service e multidisciplinar “ referiu ainda Luis Pais Antunes.

Já o projeto de rebranding da PLMJ ficou a cargo da agência criativa Blug, que desenvolveu todo o universo conceptual e visual da marca. Para Paula Delgado, responsável estratégica do projeto, “a liberdade para transformar com ousadia e audácia tem sido apanágio da PLMJ desde a sua criação há 50 anos. Num momento de disrupção em que assistimos a mudanças profundas, no sector e no mundo, este ativo revela-se particularmente essencial para um futuro de novos desafios, mas também de novas oportunidades”.

A disrupção faz parte da cultura PLMJ, e inspirou-nos a criar uma marca genuinamente desafiadora, que tem tanto de desconcertante como de magnética. Mais do que uma identidade corporativa, esta marca é uma atitude”, explicou Paulo Proença, diretor criativo da Blug.

A Fundação PLMJ, que recentemente recebeu o prémio de melhor projeto internacional na competição cultural internacional, “Corporate Art Awards”, ficará situada no mesmo edifício, contando com uma galeria exclusiva do espólio da Fundação PLMJ, que atualmente inclui mais de 1300 obras de produção contemporânea de artistas portugueses e dos países de língua oficial portuguesa.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.