A sociedade de advogados portuguesa MC&A assessorou a Samsung na constituição das suas representações em Angola e Moçambique, no âmbito da celebração de vários contratos necessários à implementação da operação, e continua a assessorar a gigante tecnológica nas áreas de corporate e comercial.

Vítor Marques da Cruz, sócio fundador da MC&A, referiu que “este é um daqueles casos especialmente desafiantes, não só pela notoriedade do cliente mas também por termos tido oportunidade de acompanhar a evolução de todo o processo de entrada nestes dois mercados, e contribuir verdadeiramente com o nosso know-how jurídico em várias fases».

O advogado, citado em comunicado, explica ainda que também foi uma mais-valia “o profundo conhecimento que temos da cultura angolana e moçambicana». Para Vítor Marques da Cruz, a familiaridade com “os aspectos culturais destes dois países tem-se revelado essencial no sucesso das colaborações temos desenvolvido com grandes grupos, tal como sucedeu com a Samsung“.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.