A Macedo Vitorino & Associados acaba de lançar a plataforma digital “Why Portugal”, dirigida a todos aqueles que pretendam estabelecer uma atividade, contratar ou viver em Portugal.

O “Why Portugal” é um projeto pioneiro da Macedo Vitorino & Associados, que segundo o comunicado da firma, “disponibiliza em formato digital, de fácil acesso e aberto, informação sobre as condições económicas, políticas, económicas e jurídicas de Portugal”.

Disponível em português e inglês e organizado por capítulos, “quem aceder a este guia poderá saber como se constitui uma empresa, que programas públicos de incentivo ao investimento existem, como se obtém um visto de residência ou um visto «gold», as obrigações fiscais das empresas e pessoas individuais, como adquirir ou arrendar um imóvel e como se contratam trabalhadores, para além das informações relacionadas com propriedade intelectual, proteção de software e tecnologia, e ainda sobre resolução de litígios em Portugal”, explica o mesmo comunicado.

A plataforma “Why Portugal” inclui ainda uma base de dados de documentos e publicações relativa a cada um dos capítulos e permite o acesso fácil e rápido a leis, documentos oficiais, relatórios de organizações nacionais e internacionais, formulários oficiais e modelos de contratos.

O projeto «Why Portugal» sempre procurou estar ao serviço dos investidores e do país. Acreditamos que a promoção do investimento deve começar por explicar de forma simples e acessível as condições económicas, políticas, sociais e jurídicas que interessam aos investidores. Através desta nova plataforma quisemos dar aos investidores acesso às nossas próprias ferramentas, disponibilizando também as minutas de contratos que nós próprios usamos.” refere António de Macedo Vitorino, coordenador do projeto e sócio da Macedo Vitorino & Associados.

O relatório “Why Portugal” usa os relatórios internacionais do Banco Mundial, Fórum Económico Mundial e Comissão Europeia “para fundamentar e dar a conhecer às empresas internacionais e investidores institucionais as vantagens competitivas de Portugal quando comparado com outros destinos na Europa”.

Este projeto vem “reforçar a presença e o portfólio digital da Macedo Vitorino, que em 2016 lançou o «MVStart», um programa que visa apoiar o nascimento e crescimento de startups portuguesas e estrangeiras”, remata o comunicado.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.