Portucalense debate contratação pública em jornadas luso-ibéricas

A Universidade Portucalense organiza umas jornadas luso-ibéricas sobre contratação pública, nos próximos dia 17 e 18 de Janeiro.

O encontro vai reunir investigadores portugueses e espanhóis que, ao longo de dois dias, vão refletir sobre o tema da corrupção na contratação pública, tanto a nível europeu como também na Península Ibérica.

A prevenção, planeamento e autocontrolo na compra pública, o controlo interno e para-judicial na compra pública  e o controlo (jurisdicional) externo na compras públicas são os temas em destaque nestas jornadas, cuja coordenação científica está a cargo das Professoras Maria Manuela Magalhães Silva, Bárbara Magalhães Bravo e Isabel Celeste Fonseca.

A contratação pública não é das áreas com maior risco de corrupção, mas é uma das que provoca mais impacto económico e social, devido ao facto de tanto as empresas como os cidadãos pretenderem usufruir de uma boa qualidade de vida, o que gera uma dependência do Estado como motor dessa qualidade”, referiu Bárbara Magalhães Bravo.

A coordenadora da iniciava explicou ainda que “estes dias servirão também para analisar e falar sobre os grandes desafios que se colocam a este combate e encontrar soluções para resolver estas questões. Portugal vive num cenário relativamente abaixo da média europeia, onde a transparência e o conflito de interesses são lutas constantes, na batalha que se vive para melhorar a divulgação e a denúncia destas situações“.

O evento vai decorrer no auditório 201 da Universidade tem entrada livre, mediante inscrição prévia.

Mais informações aqui.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.