PLMJ assessora entrada da Flixbus em Portugal

A PLMJ prestou assessoria jurídica à alemã Flixbus no arranque das operações em Portugal. A equipa da PLMJ foi coordenada por Pedro Lomba, sócio coordenador da área de Público e de Tecnologia, Mobilidade e Comunicações e integrou os advogados João Carminho e Rita Sousa Costa (advogada estagiária).

Esta operação marca a entrada da Flixbus no transporte de longa distância no mercado doméstico nacional, mas também a transição do país para um modelo de mobilidade nos transportes coletivos que reforça a nossa ligação às principais capitais europeias, com enormes benefícios para os utilizadores e operadores de transportes coletivos”, refere Pedro Lomba.

A primeira viagem da FlixBus ligando duas cidades portuguesas acontece esta quinta-feira, dia 30 e liga Lisboa ao Porto. Com o lançamento da operação doméstica, oito cidades portuguesas – Fátima, Guimarães, Porto, Albufeira, Faro, Lisboa, Figueira da Foz e Coimbra – juntam-se à rede da FlixBus que assegura 400,000 ligações diárias para 2,500 destinos na Europa: O modelo de negócio da FlixBus é baseado em parcerias de cooperação estreita com empresas locais com um forte conhecimento e experiência na área dos transportes.

A FlixBus funciona como uma plataforma que é responsável por todos os aspetos tecnológicos, planeamento de rede, otimização das linhas, marketing, venda de bilhetes, atendimento ao cliente e apoio aos motoristas. As empresas locais ficam responsáveis pela gestão do dia a dia da operação, das frotas e dos condutores, com apoio da equipa da FlixBus.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.