Garrigues: Escritorios Garrigues em Lisboa, Portugal a 9 de Marco de 2015. Photo: agenciazero.net

A Garrigues foi distinguida com o prémio ‘Escritório de advogados mais inovador da Europa Continental’ nos FT Innovative Lawyers Awards, que são organizados todos os anos pelo prestigioso jornal Financial Times e pela consultora especializada RSG Consulting.

Os prémios foram atribuídos pela primeira vez numa gala virtual, que serviu para valorizar o papel da colaboração num ano marcado pela crise sanitária da COVID-19.

Não temos a capacidade de prever o futuro, mas sim de nos prepararmos para todos os futuros possíveis. Esta é a filosofia da Garrigues no que respeita à inovação: garantir que todos os nossos colaboradores têm a atitude certa e as ferramentas necessárias para poderem enfrentar os desafios e acompanhar os nossos clientes no dia-a-dia”, afirma Fernando Vives, presidente executivo da Garrigues. “Este prémio incentiva-nos a continuar a inovar, a encontrar a forma de nos anteciparmos às necessidades dos nossos clientes e de sermos mais eficientes e criativos“.

No relatório de inovação que acompanha estes prémios, o Financial Times destaca dois projetos da Garrigues. Na categoria específica de como as firmas responderam à COVID-19, o jornal valoriza como “altamente elogiado” (highly commended) a capacidade do Departamento Laboral da Garrigues para servir os seus clientes na gestão dos ERTE, graças à antecipação e ao uso da tecnologia. Em inovação e transformação digital, o Financial Times destaca o projeto Agiliz@ (commended), focado na automatização, robotização e inteligência artificial. Eduardo Abad, sócio responsável pelo Departamento Fiscal a nível global, à frente do Agiliz@, foi selecionado entre os dez advogados europeus mais inovadores do ano.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.