A Macedo Vitorino & Associados acaba de lançar uma nova edição do seu relatório “Why Portugal”.

O “Why Portugal 2019 – Guia do Investidor” contém as principais informações necessárias a quem quer investir em Portugal, nomeadamente sobre a criação e organização das sociedades, contratos de parceria, direito do trabalho, direito fiscal, propriedade intelectual, imobiliário e contencioso.

Em conjunto com o Guia do Investidor, a sociedade de advogados publicou o relatório “Why Portugal 2019 – How does Portugal Compare”, o qual mostra a “situação de Portugal em comparação com outros países de acordo com a informação de fontes internacionais, como o Banco Mundial e o Fórum Económico Mundial, em quadros comparativos relativos aos mais importantes aspetos a ter em conta pelos investidores na escolha dos melhores locais para investir”, segundo o comunicado enviado às redações.

Estamos muitos felizes por mais uma vez ter conseguido rever e atualizar a informação prestada pelo nosso guia para investidores. Estes relatórios representam o esforço de muitas pessoas e uma tarefa de organização notável e bem ilustrativa da forma como trabalhamos” disse António Vitorino, sócio responsável pelo projeto “WhyPortugal” desde o seu início em 2013.

Depois de vários anos de crise em que era difícil explicar a estrangeiros e portugueses os pontos fortes de Portugal, hoje até parece fácil elogiar Portugal”, acrescentou António Vitorino. “Mas temos sempre de procurar melhorar. A competitividade de uma economia depende sempre da sua capacidade para inovar, corrigir o pior e aperfeiçoar o melhor. A competitividade é uma corrida: não podemos parar”.

Dirigida a todos aqueles que pretendam estabelecer uma atividade, contratar ou viver em Portugal, a plataforma online “WhyPortugal” oferece informações úteis relativas a impostos, arrendamento, saúde, ensino, entre outros para além de diplomas legais, formulários e minutas de contratos.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.