Kennedys premiada nos FT European Innovative Lawyers Awards

A sociedade de advogados inglesa Kennedys foi galardoada na categoria de “Innovation in the business of law: New products and services”, na edição deste ano dos prémios FT Innovative Lawyers Europe, promovidos pelo Financial Times.

“Esta distinção é o reconhecimento da competência da equipa de Pesquisa & Desenvolvimento da Kennedys, no que toca à criação de mecanismos de automatização de processos, quer ao nível dos seguros, quer ao nível das impugnações judiciais, e a sua replicação a nível digital, com vista ao desenvolvimento de novas ferramentas que, no futuro, possibilitarão gerir grandes quantidades de pedidos de indemnização, terefa até agora impossível, face aos métodos utilizados”, sublinha a sociedade em comunicado.

A sociedade, que em Portugal é liderada pelo advogado Paulo Almeida, foi anda considerada “Standout”, nas categorias de “Innovation in the business of law: Managing and developing talent – Ideas Lab” e “Innovation in the business of law: Strategy and changing behaviours – Using lawyers less”, e “Highly Commended”, nas categorias de “Innovation in the business of law: Data, Knowledge and Intelligence – Ki and Client Reporting and Insights” e “Innovation in the business of law: New business and service delivery models – Kase”. Referência também a 12.ª posição que a Kennedys ocupa na lista de “Most Innovative Law Firms” do “Top 50 of the Financials Times’ Innovative Lawyers 2019 Report”.

O FT Innovative Lawyers Europe, um dos mais prestigiantes rankings europeus, foi lançado em 2005 e contempla, anualmente, a atribuição de prémios e a publicação de um relatório e de um ranking sobre a inovação na advocacia de negócios e a assessoria jurídica a empresas radicadas na Europa. As candidaturas são avaliadas por um júri independente.

Este ano, a cerimónia de entrega dos prémios teve lugar no passado dia 12 de setembro, no Museu de História Natural, em Londres.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.