João Magalhães Ramalho, que deixou recentemente a PLMJ, onde era sócio da área de Fiscal e responsável pelo desenvolvimento das relações com o mercado brasileiro, acaba de integrar a Telles. Com esta contratação, o escritório liderado por Miguel Torres passa a contar com 17 sócios.

Para João Magalhães Ramalho, “o posicionamento sólido e consistente no mercado, aliado a um grupo de sócios e profissionais de excelência, fazem da Telles uma das principais sociedades de advogados de futuro, e que não deixa nenhum profissional indiferente. Além disso, o constante compromisso com os seus clientes, e em especial a procura de soluções ajustadas a cada caso, são marcas do ADN Telles, com as quais muito me revejo. A minha integração nesta estrutura faz, portanto, todo o sentido para quem pretende continuar a evoluir e a reinventar-se”, salienta.

Segundo Miguel Torres, managing partner da Telles e sócio responsável da equipa de Fiscal, “o João é um advogado reconhecido, nacional e internacionalmente, e conta com uma larga experiência na área do direito fiscal. Pelas suas qualidades humanas e profissionais é um reforço muito importante para a Telles e, em particular, para a sua equipa de fiscal”.

João Magalhães Ramalho que tem desenvolvido a sua carreira no direito fiscal, sobretudo na vertente transacional, designadamente em operações de M&A, imobiliário e clientes privados, afirma ainda que “a equipa de Direito Fiscal da Telles, baseada no Porto e em Lisboa, oferece já hoje garantias de enorme qualidade. A minha integração vem apenas reforçar a capacidade de resposta que a Telles procura incessantemente oferecer aos seus clientes”.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.