Equipa da Nova Direito consegue resultado histórico no Willem C. Vis Moot

A equipa da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, constituída pelas alunas de mestrado Catarina Carreiro, Catarina Cerqueira e Carolina Roque, e treinada por Rute Alves (PLMJ) e André Pereira da Fonseca (Abreu Advogados) conseguiu um resultado histórico ao tornar-se na primeira e única equipa portuguesa a atingir a fase final do Willem C. Vis International Commercial Arbitration Moot, que se realizou em Viena de 12 a 18 de abril.

A acrescer, nos “general rounds” a equipa ficou na 22.ª posição de um total de 376 equipas participantes, recebendo também uma “Honorable Mention” pela qualidade do seu “Written Memorandum for Respondent”, peça processual escrita e submetida, em Janeiro deste ano, pelas alunas.

Pelo caminho, a equipa já tinha vencido o Pre-Moot de Madrid, sendo “First Runner Up” no Pre-Moot de Lisboa, conquistando o prémio de “Best Oralist” (Carolina Roque) e 4.ª classificada entre 79 equipas internacionais no Pre-Moot de Belgrado.

A competição, que se realiza desde 1994, é o maior e mais prestigiado “moot court” a nível mundial. Nesta 26ª edição, 376 equipas de universidades de todo o mundo competiram umas contra as outras através da simulação de várias audiências de julgamento, em processo arbitral defendendo a sua posição numa arbitragem comercial ficcionada. Além desta fase de simulação de julgamento arbitral, existiu também uma fase de preparação de peças processuais e um estudo intensivo dos factos do caso e de Direito, designadamente de doutrina e jurisprudência internacionais.

O apoio dos advogados Rute Alves e André Pereira da Fonseca à equipa nasce de um protocolo entre a Faculdade de Direito da Universidade Nova e a Associação Portuguesa de Arbitragem, sub 40.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.