ELSA Coimbra organiza curso de Verão sobre Direitos Humanos

A ELSA Coimbra (The European Law Students’ Association – Coimbra ) organiza, entre os dias 21 e 28 de julho, a terceira edição da Summer ELSA Law School (SELS), no âmbito dos Direitos Humanos.

A iniciativa, que decorrerá na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, irá contar com a participação de cerca de 40 estudantes de Direito de 13 nacionalidades diferentes, desde Espanha até à Arménia, passando por Itália, Áustria, Bélgica, Suécia, Turquia, entre outros.

Tendo, tradicionalmente, como tema base os Direitos Humanos, este ano a Comissão Organizadora do curso procurou inovar, razão pela qual ao longo da semana, os estudantes assistirão a conferências sobre assuntos da atualidade, como os Direitos dos Media, Populismo e Refugiados.

O curso vai reunir um painel de oradores de excelência, nomeadamente Maria Lúcia Amaral (Provedora de Justiça e professora catedrática da Nova Direito), José Miguel Júdice (antigo bastonário da Ordem dos Advogados e sócio fundador da PLMJ), Diogo Feio (professor da Faculdade de Direito da Universidade do Porto e sócio da Sérvulo & Associados) e alguns prestigiados professores da Universidade de Coimbra, entre outros oradores de instituições de revelo nas temáticas em causa, como o IGC (Ius Gentium Conimbrigae – Centro de Direitos Humanos). A supervisão científica do curso está a cargo da Professora Suzana Tavares da Silva.

A par da componente científica, estão previstas atividades sociais e culturais, como visitas aos vários pontos de interesse da cidade, uma noite de fados, um Baile de Gala e uma tarde na praia da Figueira da Foz, para que os participantes estrangeiros fiquem a conhecer a riqueza de Coimbra e tenham também a oportunidade de criar laços entre si, promotores de maior coesão e entendimento humano em prol do Direito.

A ELSA (The European Law Students’ Association) é uma associação de estudantes de Direito fundada em 1981 em Viena por um grupo de quatro estudantes, divididos pelo muro de Berlim, mas unidos pelo estudo do Direito. Desde então, a associação cresceu, alargando exponencialmente a sua atividade, estando neste momento representada em 375 universidades e contando com mais de 50 mil associados espalhados por 42 países do velho continente. É também membro observador da ONU e do Conselho da Europa, sendo considerada a associação de estudantes independente maior do mundo.

Em Portugal, a ELSA conta com 9 grupos locais e mais de 500 associados. Entre outras atividades, visa potenciar a capacidade profissional dos futuros juristas e fomentar a intercomplementaridade dos vários sistemas legais, num espírito de cooperação científica.

Mais informações sobre a iniciativa aqui.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.