Cuatrecasas assessora Artá Capital

A Cuatrecasas assessorou juridicamente o fundo espanhol de private equity Artá Capital na venda da Energyco II (Gascan), por €118 milhões, à UBS Asset Management Funds, que, por sua vez, foi assessorada pela CMS Rui Pena & Arnaut.

A equipa de advogados que esteve envolvida na operação foi liderada por José Diogo Horta Osório, sócio coordenador da prática de Societário e M&A, e foi ainda constituída pelos associados Marta da Costa Martins, Catarina Lins Aguiar, Rui Bello da Silva e Filipe Valentim Ramos.

O valor da transacção, incluindo capital e dívida, atingiu os €118 milhões, segundo o comunicado da firma.

Esta é mais uma transação transfronteiriça de M&A assessorada pela Cuatrecasas, reconhecida pelas principais agências financeiras como umas das firmas com maior quota de mercado na assessoria jurídica a fusões e aquisições na Península Ibérica.

A Artá Capital é detida pelo Grupo March, o único banco familiar espanhol, e investe em empresas ibéricas não cotadas que são líderes nos seus sectores, podendo actuar como sócio minoritário ou maioritário. A Energyco II, participada pela Artá Capital, é uma empresa ibérica que se dedica ao fornecimento de água quente ou de vapor a clientes empresariais.

A Gascan tinha sido adquirida em 2017 pela Artá Capital à Explorer Investments por €70 milhões, também com assessoria jurídica da Cuatrecasas.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.