O Instituto Miguel Galvão Teles (IMGT), em parceria com o Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM), organiza conferência “O Futuro E A Esperança – os desafios da ciência e o envolvimento da sociedade”, no próximo dia 2 de Julho, no auditório João Morais Leitão, em Lisboa.

Este debate vai reunir vários setores da sociedade em dois painéis distintos. Rui Patrício, sócio da Morais Leitão e coordenador do IMGT, fará a abertura do painel “Os Desafios e a Esperança na Ciência”, que conta com as intervenções de três cientistas do iMM, Maria Manuel Mota, Luísa Lopes e Bruno Silva-Santos. A sessão será moderada por Sara Sá, jornalista da revista Visão.

O segundo painel, intitulado “Vivemos Mais E Melhor”, abordará os desafios de uma sociedade mais envelhecida e inclui as participações de Isabel Vaz, do grupo Luz Saúde, José Bourdain, presidente da Associação Nacional dos Cuidados Continuados, Maria João Valente Rosa, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, e Ana Sofia Carvalho, do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. A moderação fica a cargo de António Lobo Xavier, sócio da Morais Leitão.

Esta é uma oportunidade única para se ficar a conhecer e debater os avanços científicos que a medicina conquistou e quais os próximos obstáculos a enfrentar”, afirma a direção do IMGT.

Na construção de um futuro com mais vida e menos doença, importa promover o espírito crítico, o rigor e o envolvimento de todos na ciência”, refere Maria Manuel Mota, Diretora Executiva do iMM.

 

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.