Licenciatura em Direito da Católica com 98,8% de empregabilidade

A licenciatura em Direito da Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Universidade Católica (FDUCP) lidera, com uma taxa de 98,8%, o ranking da empregabilidade em Portugal dos cursos de Direito do país, segundo os dados divulgados no portal Infocursos.

Para Jorge Pereira da Silva, Diretor da Escola de Lisboa, “estes resultados não são fruto do acaso. Em concreto, desenvolvemos uma relação dinâmica com todos os recrutadores de referência a operar no mercado e desenvolvemos com eles uma política de colocação ativa dos nossos licenciados e mestres. É uma relação tripartida – estudante, Faculdade e recrutador – que tem de ser transparente e gerida de modo a que seja vantajosa para todas as partes. A transição para o mercado de trabalho tem de ser progressiva, vista como um passo natural, na sequência de iniciativas como os Programa de Mentoria ou JobShadowing, as Clínicas Legais ou os Estágios de Verão realizados ao longo da licenciatura”.

A internacionalização é outra das características do sucesso desta licenciatura e uma aposta estratégica da escola. A par de um criterioso programa de mobilidade internacional com algumas das melhores escolas do mundo, a Faculdade proporciona aos alunos um ambicioso e inovador programa de disciplinas lecionadas em inglês, que obedece a uma lógica ordenada e consistente, visando prepará-los para a prática transnacional e facilitar a sua inserção no mercado de trabalho”, conclui o Diretor da Escola.

Situando-se a taxa de empregabilidade da licenciatura em Direito nos 98,8% e a do Mestrado em Direito nos 98%, estes valores representam os mais altos das Faculdades de Direito em Portugal. Outro dado importante é que “40% dos advogados recrutados pelas principais sociedades de advogados em Portugal, em 2017, são licenciados em Direito pela FDUCP”, remata o comunicado da Universidade Católica.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.