O prestigiado directório International Tax Review distinguiu trinta fiscalistas portugueses no guia “Indirect Tax Leaders 2018″.

Entre os nomeados, estão os advogados Marta Machado de Almeida (RFF), Frederico Antas (VdA), Catarina Belim (Belim), Sérgio Brigas Afonso (CMS Rui Pena e Arnaut),  Fernando Castro e Silva (Garrigues), Ana Raquel Costa (VdA), Conceição Gamito (VdA), Joana Lobato Heitor (VdA), Joana Maldonado Reis (PLMJ), Francisco Cabral Matos (VdA), Raquel Montes Fernandes (CMS Rui Pena e Arnaut), Diogo Ortigão Ramos (Cuatrecasas), Isabel Vieira dos Reis (Garrigues), Miguel Reis (PLMJ), Inês Moreira dos Santos (VdA) e Mário Silva Costa (Cuatrecasas).

Na lista dos “Indirect Tax Leaders 2018” referente a Portugal constam ainda Susana Monteiro Caetano (PwC), Susana Claro (PwC), Afonso Arnaldo (Deloite), António Beja Neves (Deloitte), Luísa Bento (KPMJ), Eduardo Ferreira Gomes (Deloitte), Rui Henriques (EY), Alexandra Martins (KPMG), Catarina Matos (EY), Paulo Mendonça (EY), Filipe Nogueira (Sistemas de IVA), Joana Nunes dos Reis (Deloitte), Hugo Salgueirinho Maia (PwC) e Tiago Almeida Veloso (Baker Tilly).

O International Tax Review é uma publicação internacional especializada na área fiscal que analisa o mercado da fiscalidade internacional. O ranking  “Indirect Tax Leaders” é baseado na opinião de profissionais da área fiscal nos países que engloba.

Consulte o guia aqui.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.