A Garrigues Portugal está a assessorar os bancos internacionais contratados pelo Novo Banco na emissão de obrigações subordinadas no montante de até 400 milhões de euros, anunciada na passada sexta-feira, dia 22 de junho. Pretende-se que as obrigações venham a ser qualificadas como Tier 2.

A operação envolve ainda uma oferta de troca dirigida a investidores qualificados, tendo por objeto determinadas obrigações emitidas anteriormente pelo grupo, podendo os investidores optar por receber as novas obrigações a emitir ou uma contrapartida em dinheiro.

A equipa da Garrigues foi coordenada pelos sócios Diogo Leónidas Rocha e Marta Graça Rodrigues, e contou ainda com a participação da advogada Carolina Barrueca.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.