Filipe Vaz Pinto, sócio da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS), participa como orador no 1.º Congresso Internacional de Arbitragem de Moçambique – “A reforma do direito moçambicano da arbitragem”, que decorre em Maputo nos próximos dias 12 e 13 de abril.

O 1.º Congresso Internacional de Arbitragem é organizado pelo Centro de Arbitragem Conciliação e Mediação de Moçambique, contando com a colaboração institucional do Centro de Arbitragem Comercial da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa.

A MLGTS, a Cuatrecasas e o Centro de Investigação de Direito Privado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa patrocinam esta primeira edição, que vai reunir oradores portugueses e moçambicanos em cinco painéis temáticos.

Para Filipe Vaz Pinto, “trata-se de um congresso muito oportuno, criando espaço para uma colaboração próxima entre as comunidades moçambicana e portuguesa, num momento importante em que Moçambique pondera reformar a sua lei de arbitragem, sendo esta um instrumento importante para o investimento e para a confiança de empresas e investidores”.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.