Cuatrecasas assessora startup portuguesa em ronda de investimento

A Adapttech, uma startup portuguesa que desenvolve tecnologia biomédica, fechou este mês uma ronda de investimento no valor de dois milhões de euros, num processo em que contou com a assessoria jurídica da Cuatrecasas. A ronda de investimento incluiu a britânica Mercia Fund Managers, gestora de fundos de capital de risco, e a portuguesa Hovione Capital, especializada em investimento de capital-semente na área da saúde e ciências da vida.

Da equipa de advogados que aconselhou a Adapttech fizeram parte Filipe Avides Moreira (na foto), sócio director do escritório do Porto, João Regadas, associado da área de Societário e M&A, e Francisco Sequeira, associado da área de Fiscal.

O foco da Adapttech é o Insight, uma ferramenta que melhora a facilidade e eficácia no ajuste de próteses do membro inferior e destina-se a ser manuseada por profissionais de saúde, ao apoiarem e monitorizarem os seus pacientes no processo de reabilitação. A ferramenta está construída em torno de um scanner 3D que cria um modelo do encaixe, um dispositivo vestível que reúne informações em tempo real e uma app que permite interagir com o modelo 3D. De acordo com Mario Saenz Espinozasa, um dos fundadores da empresa, o mais recente investimento vai servir para concluir todos os processos de certificação e a entrada no mercado europeu.

A Adapttech conta atualmente com uma equipa de 17 pessoas, em escritórios no Porto e em Birmingham (Reino Unido).

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.