Cuatrecasas assessora Artá Capital na compra da REN Portgás GPL

A Energyco II, participada do fundo espanhol de private equity Artá Capital, contou com a assessoria jurídica da Cuatrecasas na operação de aquisição da REN Portgás GPL, a empresa de distribuição de petróleo liquefeito (GPL) que pertencia à REN – Redes Energéticas Nacionais.

Liderada pelo sócio José Diogo Horta Osório, a equipa envolvida na transação foi composta por Marta Costa Martins, Rita Caçador, Sofia Monge de Araújo e Filipe Valentim Ramos, associados da área de Societário. Na área de Direito Fiscal, integrou equipa a associada senior Ana Helena Farinha, sob a coordenação do sócio responsável por esta área, Diogo Ortigão Ramos. Tratou-se de uma operação de aquisição das acções através da qual a Gascan, que foi adquirida o ano passado pela Artá Capital à Explorer Investments, prossegue o seu crescimento inorgânico.

A Artá Capital é detida pelo Grupo March, o único banco familiar espanhol, e investe em empresas ibéricas não cotadas líderes nos seus sectores, podendo actuar como sócio minoritário ou maioritário. A Energyco, participada pela Artá Capital, é uma empresa ibérica que se dedica ao fornecimento de água quente ou de vapor a clientes empresariais.

No comunicado à CMVM, a REN declara que “tem como estratégia focar-se em negócios regulados e, nesse sentido, decidiu alienar o negócio de gás de petróleo liquefeito (GPL) que adquiriu aquando da aquisição da EDP Gás em 2017”.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.