FDUL explica técnicas de negociação em contexto jurídico

O Instituto de Ciências Jurídico-Políticas e o Centro de Investigação de Direito Público da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa promovem o curso “Técnicas de Negociação em Contexto Jurídico“, que terá início a 10 de Outubro.

Coordenado pelo Professor Doutor Carlos Blanco de Morais e por Mário João de Brito Fernandes, consultor da Abreu Advogados, este curso pretende transmitir aos formandos “tudo aquilo que sempre quiseram saber sobre negociação e a Faculdade de Direito não lhes tinha ensinado”.

Serão abordadas numa perspetiva teórica e prática as negociações no sector público, no sector privado, no âmbito interno, no âmbito internacional e no seio da União Europeia. Terá também uma abordagem com recurso aos conhecimentos da psicologia, quer na análise dos estereótipos e preconceito implícito e atuação negocial; quer na análise da decisão e julgamento em contexto de negociação (racionalidade limitada, emoções e heurísticas, pistas de deteção de mentira e micro-expressões); da teoria dos jogos; da estratégia e tática militares (definição e tempo do conflito, meios de combate, análise de um caso prático); das situações de negociação com tomada de reféns e da organização e direção de reuniões e da gestão de equipas multidisciplinares.

A segunda parte do curso procura fornecer e aperfeiçoar as técnicas ao dispor do negociador, com módulos dedicados à retórica e à argumentação; à oratória e ao trabalhar da voz; à encenação e dramatização de textos que configurem situações de negociação; à comunicação pública de matérias jurídicas para não juristas com recurso ao meio televisivo e aos debates públicos.

A terceira parte inclui quatro módulos teórico-práticos, fazendo o ponto da situação da metodologia e prática da negociação em sede de procedimento legislativo interno, de procedimentos concursais e no âmbito do Código do Procedimento Administrativo, de negociação em sede contratual e da negociação de convenções internacionais e no âmbito da União Europeia.

Por sua vez, a quarta e última parte procura aplicar os conteúdos dos módulos teóricos anteriores a simulações de seis situações de negociação.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.