A Cuatrecasas apoiou juridicamente a Alantra Private Equity na venda da Probos, a terceira maior fabricante mundial de orlas plásticas para mobiliário, ao grupo alemão Surteco. A operação, no valor de 99 milhões de euros, foi concluída na passada sexta-feira, 7 de Julho.

A assessoria prestada pela Cuatrecasas foi coordenada globalmente pelo sócio do escritório de Madrid, Francisco J. Martínez Maroto e envolveu várias geografias (para além de Espanha e Portugal, México e Brasil). A sociedade assessorou a vendedora nas jurisdições espanhola, portuguesa e mexicana durante todo o processo, “desde a realização de uma vendors due diligence, passando pelas várias rondas de esclarecimento com potenciais interessados até à negociação e conclusão do contrato de compra e venda de acções com a compradora”.

Filipe Avides Moreira, sócio director do escritório do Porto, coordenou a equipa portuguesa envolvida na operação, que era composta, do mesmo escritório, por Raquel Freitas, Francisco Sequeira, Carla Naia, Alexandra Sequeira, Maria Benedita Lacerda, Tiago Sampaio, Filipe Duarte Geada e João Regadas.

Denominada N+1 até Setembro do ano passado, a Alantra está presente em 20 países e tem cerca de 3,5 mil milhões de euros de activos sob gestão.

A Probos está sediada em Mindelo (Vila do Conde), onde conta com perto de 470 colaboradores e tem uma unidade de produção e comercialização no Brasil, um escritório de representação nos EUA e unidades centrais de distribuição no Reino Unido, Alemanha e México. Em 2016 apresentou vendas de €66,5 milhões, correspondendo 90% a exportação para mais de 50 países.

Por seu lado, a alemã Surteco é uma das maiores produtoras mundiais de materiais decorativos de superfície e gerou €639.8 milhões em vendas em 2016, empregando perto de 2800 pessoas.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.