A CMS anuncia que acaba de entrar no mercado monegasco, através da integração da PCM AVOCATS, que passará a designar-se CMS Pasquier Ciulla & Marquet.

De acordo com o comunicado da firma, é a primeira vez que um escritório “full service” do Mónaco se junta a uma organização jurídica internacional.

Com esta fusão, a CMS “dá mais um passo no caminho para uma presença mundial”, passando a ter 71 escritórios em 40 países, mais de 1000 sócios e 7500 colaboradores.

Relembramos que em Janeiro deste ano, a CMS tinha integrado três novas sociedades sediadas na América Latina, “acrescentando o Chile, a Colômbia e o Perú às geografias onde pode prestar serviços aos seus clientes” e que, no passado mês de Maio, ficou concluída a fusão (no Reino Unido) com as sociedades Olswang e Nabarro, criando a sexta maior sociedade britânica em receitas.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.