ACE celebra protocolo de assessoria jurídica pro bono com IPSS

A ACE – Sociedade de Advogados, no âmbito da sua política de responsabilidade social, firmou um protocolo de assessoria jurídica pro bono com a IPSS Ares do Pinhal – Associação para a Inclusão Social.

A assinatura deste protocolo, que inclui a prestação de serviços em áreas como o direito do trabalho, legalização de imigrantes, direito da família e sucessões, marca o início da prestação de apoio jurídico pro bono desta sociedade a instituições de solidariedade social, que desenvolvam acções relevantes nas áreas social, cultural ou educacional.

Com este pequeno contributo, pretendemos garantir a mais pessoas e instituições de solidariedade social em situação desfavorecida, o acesso ao Direito e aos Tribunais, apoiando por esta via a melhoria da qualidade de vida destas e das comunidades em que se inserem”, explica Gonçalo Vaz Osório, sócio da ACE.

A IPSS Ares do Pinhal foi criada há 30 anos, tendo iniciado as suas actividades com uma Comunidade Terapêutica para toxicodependentes, em Aldeia de Eiras (Mação). Desde então, criou mais duas Comunidades Terapêuticas – uma em Chão de Lopes Pequeno (Mação) e outra na Rinchoa (Sintra) – e um Apartamento de Reinserção em Caxias (Oeiras). Em parceria com o então Centro das Taipas e com a Câmara Municipal de Lisboa, ajudou também a criar a Escola Profissional de Animadores Sócio-culturais, em Lisboa.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.