Cristina Romariz vence 8ª edição do Prémio Professor André Gonçalves Pereira

Cristina Romariz, advogada associada do departamento de Direito Laboral da Cuatrecasas, Gonçalves Pereira, foi a vencedora da 8ª edição do “Prémio Professor André Gonçalves Pereira”. O galardão foi entregue na passada quinta-feira durante o encontro anual da sociedade.

O trabalho vencedor, denominado “Da relevância disciplinar dos comportamentos extra-laborais dos trabalhadores: entre a reserva da vida privada e a liberdade de gestão empresarial”, analisa até que ponto pode um trabalhador produzir comentários publicamente (na televisão ou nas redes sociais, por exemplo), em contexto extra-laboral, que possam lesar a imagem ou o bom-nome da sua entidade empregadora, bem como sobre outros comportamentos que, à primeira vista, seriam alheios ao empregador, mas que podem estar sujeitos ao seu crivo disciplinar.

Instituído pela Cuatrecasas, Gonçalves Pereira em 2006 e atribuído bienalmente, o “Prémio Professor André Gonçalves Pereira” pretende distinguir o melhor trabalho original de investigação em qualquer área do Direito, apresentado pelos seus advogados, que tenha relevância ou interesse na área de actuação da firma.

O júri desta edição do prémio era constituído pelos sócios António Vitorino (Presidente do júri), Maria da Glória Leitão e Frederico Pereira Coutinho.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.