Costa do Marfim integra a rede Miranda Alliance

SONY DSC

A Costa do Marfim é o 11º país africano a integrar a rede fundada pela sociedade de advogados Miranda. Sediado em Abidjan, o CDI COUNSEL, considerado um dos mais promissores escritórios do país, será o responsável pelo acompanhamento dos clientes na jurisdição.

Para Nuno Cabeçadas, sócio da Miranda responsável pela jurisdição da Costa do Marfim, “a extensão da atividade da Miranda Alliance à Costa do Marfim vem reforçar o nosso posicionamento na África Subsariana, um mercado que, ao longo dos últimos anos, tem vindo a despertar o interesse de muitas empresas internacionais, dos mais diversos ramos de atividade.

“A Costa do Marfim é um país com um futuro muito promissor, que as empresas portuguesas podem e devem ter em conta nas suas estratégias de internacionalização e exportação”, rematou o advogado.

O CDI COUNSEL, reconhecido pela sua experiência nas áreas da resolução de conflitos, direito societário e comercial (incluindo OHADA), direito fiscal, direito laboral e direito regulatório, é liderado por Éric Megalou. Antes de fundar o CDI COUNSEL, o advogado trabalhou na EY (em Paris e Abidjan) e na sociedade de advogados costa-marfinense Anthony, Fofana et associés.

Segundo o comunicado da firma, a Miranda (através de Miranda Alliance) foi a primeira sociedade de advogados portuguesa a contar com a colaboração de escritórios correspondentes na África Francófona, sendo atualmente apoiada pelo CABINET GOMES (República do Congo), pelo MBM-CONSEIL (República Democrática do Congo), pelo ABENGLAW FIRM (Camarões), pelo CABINET NGUIA (Gabão) e pelo CDI COUNSEL (Costa do Marfim).

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.