Banco de Portugal está a recrutar técnico superior

O Banco de Portugal pretende admitir um técnico superior para o desempenho de funções de Coordenação da Área de Ação Sancionatória no Departamento de Averiguação e Ação Sancionatória.

Os candidatos devem ser licenciados em Direito (Licenciatura pré-Bolonha, ou Licenciatura pós-Bolonha com parte escolar de Mestrado concluída), com média igual ou superior a 14 valores, e preencher ainda os seguintes requisitos:

  • Pós-Graduação, Mestrado ou Doutoramento em direito penal, processual penal ou contraordenacional (condição preferencial);
  • Experiência profissional relevante mínima de 5 anos, no domínio do direito penal, processual penal ou contraordenacional;
  • Experiência de gestão ou de coordenação de equipas (condição preferencial);
  • Elevado sentido de responsabilidade e interesse pela atualização de conhecimentos nas áreas específicas de intervenção;
  • Capacidade de iniciativa, de planeamento e de organização do trabalho;
  • Facilidade de comunicação e de relacionamento interpessoal;
  • Domínio da língua inglesa (oral e escrito);
  •  Conhecimentos de informática na ótica do utilizador, sobretudo em MS Office.

O Banco de Portugal oferece a possibilidade de trabalhar numa instituição de referência, que privilegia a realização e o desenvolvimento dos seus colaboradores, assim como condições salariais compatíveis com a experiência e a responsabilidade da função a desempenhar.

As candidaturas devem ser formalizadas até ao próximo dia 13 de Outubro.

Informações complementares, aqui.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.