Advogados prestam apoio jurídico aos refugiados na Grécia

A Ordem dos Advogados associou-se à iniciativa “Advogados Europeus em Lesbos”, criada pelo CCBE (Conselho das Ordens de Advogados da Europa) e pela DAV (Ordem dos Advogados da Alemanha), com o objectivo de prestar apoio jurídico nos centros de registo de refugiados, em Lesbos, na Grécia.

O projecto pretende reunir um conjunto de advogados voluntários que, em regime pro bono, prestem aconselhamento jurídico aos migrantes, distribuam documentação e em simultâneo desempenhem o papel de observadores, preparando relatórios semanais com a descrição dos trabalhos de campo.

Os advogados portugueses que pretendam participar nesta iniciativa devem ter formação e/ou experiência em Direito de Asilo e proteção internacional, e ter possibilidade de permanecer na ilha de Lesbos por um período mínimo de duas semanas. É também fundamental que os juristas sejam fluentes a inglês, sendo ainda valorizados conhecimentos da língua árabe.

As despesas de viagem, alojamento e alimentação dos advogados voluntários serão comparticipadas.

A iniciativa “European Lawyers in Lesvos” terá a duração de um ano e decorre em estreita colaboração com a Ordem dos Advogados da Grécia.

Informações complementares, aqui.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.