Abreu Advogados discute Direito e Arte no Porto

Direito e Arte: ciência, talento ou génio?” é o tema do debate que o Instituto do Conhecimento Abreu Advogados, em parceria com a Direcção Regional de Cultura do Norte, vai promover a 16 de Novembro, na Casa das Artes, no Porto.

A iniciativa, inserida na segunda edição do ciclo de debates OUVIR & PENSAR, terá como oradores o artista plástico Paulo Mendes, o músico Pedro Abrunhosa, o escritor Valter Hugo Mãe, e o advogado consultor da Abreu Advogados e poeta, André Lamas Leite.

“A liberdade de expressão e de criação proporciona a evolução do pensamento e da inventividade. O conhecimento reclama génio e risco. Mas há fronteiras que o artista e o pensador têm que respeitar. Nessas fronteiras está o poder do Direito, a norma, o princípio legal, os interesses alheios que são invioláveis, o respeito pela ordem pública e os chamados “bons costumes”. E quem vence este conflito?”, afirmou Ricardo Costa, coordenador científico e editorial do Instituto do Conhecimento Abreu Advogados.

“Este evento vai beneficiar a permuta de reflexões entre protagonistas da comunidade jurídica e artística, que irão expor distintos ângulos desse conflito com que se confrontam. A Abreu Advogados, pela sua estratégia de partilha de conhecimento através do Instituto do Conhecimento, assume a dinamização de temáticas que promovam prismas inovadores e olhares contemporâneos das distintas relações jurídicas”, acrescentou.

Subscreva a newsletter e receba os principais destaques sobre Direito e Advocacia.